Matérias

Visitante malaia

Conheça Tan Yungkee, a intercambista da Malásia que está em Vacaria desde Março e que conta pra gente as impressões que teve sobre nosso país e cultura

01/12/2018 Expedição Carolina Padilha Alves Tiago Sutil

A Malásia é um país localizado no Sudeste Asiático, fazendo divisa de território com a Tailândia e está muito próximo à China. Por esse motivo, as culturas dos países se misturam, assim como as características físicas da população são muito parecidas, a começar pelos olhos puxados e os cabelos lisos e de tonalidade escura.

Tan Yungkee é a responsável por trazer o conhecimento cultural do outro lado do mundo para a nossa cidade. Ela decidiu fazer um intercâmbio quando completou dezoito anos e, um dos países pelo qual tinha preferência era o Brasil. Então, a agência AFS que organizou sua viagem, tratou de trazê-la para cá.

Yung, como é carinhosamente chamada, já está formada no Ensino Médio, porém como era necessário ter algum vínculo estudantil para realizar seu intercâmbio, ela foi matriculada na Escola Zezinho, onde ministrou palestras falando sobre sua cultura. A malaia já visitou também outras escolas fazendo o mesmo trabalho.

Com uma incrível facilidade de aprendizado, Yung fala inglês, chinês, malaio e atualmente está fazendo aulas de português com sua professora particular Fabrícia Martins, além de tocar violino e violoncelo. Morando em casa de família, onde a matriarca é Fernanda Leite, a intercambista se dá muito bem com a filha Andreza, que a receberam de braços abertos.

“Quando ela for embora, vai deixar um vazio aqui em casa. Ela é muito educada, divertida e está aproveitando ao máximo todos os momentos”, conta Fernanda.

Yung relata que o que mais a chamou a atenção foi a postura das pessoas, todas amigáveis, simpáticas e falantes. A maior diferença que sentiu, foi em relação ao clima, já que em seu país só tem verão o ano todo e aqui foi a primeira vez que teve contato com temperaturas geladas. Na Malásia existem inúmeras religiões. A de Yung é a budista, que segue em função de seus pais e avós, os quais são de origem chinesa.

No paladar, a menina destaca que se apaixonou por torresmo e feijão, já que lá não existe nenhum dos alimentos e o grão mais parecido com o feijão é temperado com açúcar. Provou o chimarrão, porém não aprovou o sabor, mas está levando cuia para presentear sua família. Adorou as vestimentas do gaúcho, principalmente o vestido de prenda, assim como as danças tradicionais do Sul.

Por aqui, Yung fez seu primeiro passeio a cavalo e foi levada para a praia de Torres, onde pode praticar um vôo de paraglider inesquecível. Visitou Porto Alegre, foi para Balneário Camboriú, teve um dia de diversão no parque do Beto Carrero World e está de passagem comprada para conhecer as Cataratas do Iguaçú.

A aventureira, que passou longas trinta e seis horas dentro de um avião para chegar até o Brasil, agora faz seu retorno no mês de Janeiro de 2019, levando na mala, além de algumas iguarias e presentes, a boa impressão que teve de nossa nação e, principalmente, as amizades que aqui construiu.

 

COMENTÁRIOS




Caieruff

O conteúdo das ofertas é de responsabilidade exclusiva de seus anunciantes.