Matérias

Um Dia dos Pais premiado

A DPaschoal realizou uma promoção nacional e o ganhador foi um cliente da filial de Vacaria

01/09/2017 Publieditoriais Carolina Padilha Alves Bruna Bueno

"Aprendi com meu pai" - A promoção nacional para o dia dos pais da DPaschoal consistia em enviar um texto relatando uma experiência marcante entre pai e filho ou família relacionada ao caminhão. Entre os dias 22 de junho e 22 de julho, a DPaschoal recebeu 64 histórias, as quais passaram por uma comissão avaliadora que escolheu a redação de Mateus Ribeiro Brusamarello, filho do caminhoneiro Adilson Antônio Brusamarello, naturais de Lagoa Vermelha, como a vencedora.

O prêmio foram dez recapagens para o caminhão, dando um valor aproximado de R$5.000,00 reais. “Eu não fiquei sabendo do concurso, muito menos que meu filho tinha participado. Estou muito feliz com essa surpresa, que veio em uma boa hora, pois ajudará na contenção de gastos”, declara Adilson. O autor da história nos conta que não pensou duas vezes em participar: “Eu vi a promoção na internet e imediatamente comecei a escrever. Não foi difícil, já que a história é real. Porém, quando fui enviar acabei clicando errado, e apagou tudo o que tinha escrito. Não desisti e fiz tudo de novo, pois meu pai merece”, diz Mateus. Confira a história vencedora a seguir:

 

A história que eu vou contar é o resumo da minha vida, pois tudo que eu sou hoje aprendi com meu pai! Eu nasci dentro do caminhão praticamente, eu pai sempre trabalhou com caminhão, ele aprendeu com o pai dele a profissão, desde que meu braço teve força pra erguer uma caixa eu ajudei meu pai com seu trabalho. Eu não fiz escolinha de futebol, não fiz aula de karatê, não fiquei de "rolê" depois da aula. Minha atividade era estar junto com meu velho, aprendi a dirigir desde cedo e aprendi o valor do trabalho, e o quanto essa profissão é pesada. Acordar cedo e dormir tarde. Prestar atenção em tudo que se faz, "não podemos errar" meu pai me dizia. Sempre fomos trabalhadores, nunca tivemos dinheiro sobrando... Afinal o caminhão dá dinheiro, mas te leva bastante também! Com 19 anos eu fiz minha carteira profissional e peguei a estrada. Num 1113 turbinado acompanhava meu pai no seu 1313 trucado. Viajamos juntos por várias vezes, lado a lado pai e filho na estrada. Bons tempos, conversas bebendo um mate, aquelas jantas de "falir com o restaurante", dormir no caminhão pra não gastar. Sinto falta deste tempo, hoje sigo a profissão de engenheiro eletricista e dirigir os caminhões do meu é meu hobby de final de semana, fica no sangue o óleo diesel e nas juntas do osso a graxa. Eu aprendi com meu pai essa profissão, aprendi com meu pai que o braço tem que ser forte, mas a verdadeira força está em nosso pensamento, aprendi a ter paciência na subida, e ter cautela na descida, e que serra tem que respeitar, "quem facilitou nessas serras aí tá lá embaixo, meu filho" ele me dizia. Aprendi o valor da honestidade, e a enfrentar os problemas de peito aberto, sem medo. Aprendi que como tudo na vida a marcha tem o tempo certo pra se fazer, "se tu apurar não vai entrar nunca" e " não me deixa voltar o caminhão pra arrancar que você me quebra o cardan..." hahaha

Aprendi com meu pai a respeitar a esposa e a zelar pela família. " A família é tudo de mais importante que nós temos e você tem que me ajudar a mantê-la" ele me disse uma vez, e eu assim o fiz. Meu pai me ensinou a ser um homem de verdade. Ele continua me ensinando dia após dia. Eu não vou esperar eu ficar velho e saudoso para reconhecer o quanto meu pai é um homem sábio, bondoso, rígido! Mas bondoso... De todo o coração espero que essa história dure por muitos e muitos anos, com meu pai sendo a personagem principal e eu sendo seu espelho, em ações e pensamentos, porque assim eu tenho a certeza de me tornar um homem bom! Um homem de valores e princípios! Um grande abraço a todos da Dpaschoal e um muito obrigado por esta oportunidade de compartilhar minha história com vocês!

“A Dpaschoal está em Vacaria há 27 anos dos quais eu também faço parte. Para nossa filial é uma alegria enorme ter mais uma vez um de nossos clientes contemplados”, destaca Márcia Nunes, gerente.

 

COMENTÁRIOS



Últimas

Mais fortes que o câncer Especiais

Edson Benedet Publieditoriais

Talento nato Artistas

Casa Blanca Publieditoriais

Expedição: Hungria Expedição



Caieruff

O conteúdo das ofertas é de responsabilidade exclusiva de seus anunciantes.