Matérias

Shih Tzu, a raça mais popular no Brasil

Sucesso entre as raças preferidas dos donos de pets brasileiros, o Shih Tzu é um cão de porte pequeno e personalidade forte, sendo caracterizado por ser extrovertido e alegre

01/05/2018 Artigos Caroline Pontalti

Dono de uma pelagem comprida e lisa, este cão  se destaca por onde passa, já que, além de ser contente e agitado, também faz parte do grupo de cachorros que latem muito, chamando a atenção de todos a sua volta.

O nome “Shih Tzu” significa “cão leão” e é uma das raças mais apreciadas na China por causa de sua associação com o budismo. Embora seja mais comumente associado à China, ele foi provavelmente originado no Tibet no século 17, quando era tido como um “cão sagrado”. O Shih Tzu que conhecemos hoje se desenvolveu na China durante o reinado da Imperatriz Cixi (Tzu-shi, 1861-1908).

O shih tzu é considerado um cão saudável e apresenta poucos problemas clínicos, no entanto, algumas doenças podem ser diagnosticadas com maior frequência nesta raça. Dentre as doenças mais comuns estão os problemas oculares, como lacrimejamento constante, conjuntivite e úlcera de córnea (devido o olho ser mais proeminente, é comum traumas), otites (a conformação anatômica da orelha predispõe às otites), além disso, problemas relacionados ao fato desta raça ser considerada braquicefálicos.

Os cães braquicefálicos possuem focinho achatado e por isso, são propensos a contrair doenças respiratórias, chamada síndrome dos braquicefálicos. Essa síndrome inclui estenose das narinas, que nada mais é do que narinas estreitas, ou seja, uma abertura nasal muito pequena para respirar, dificultando a passagem de ar. Em casos mais graves, é possível a correção cirúrgica. Além do palato mole alongado, que é uma continuidade do palato duro que fica no céu da boca dividindo a cavidade oral e nasal auxiliando na deglutição e fonação, este é muito grande e não cabe dentro da cavidade oral do animal por causa do focinho curto e acaba ficando pendurado solto na garganta, provocando sons de ronco, e dificultando a deglutição. Porém, esse palato mole prolongado pode ser retirado cirurgicamente.

No geral,  eles são bons cães de colo e uma ótima companhia para brincar. Estão sempre animados, são apegados à família e ótimos com crianças, mas são bem teimosos e podem ser difíceis de educar. Também são bons cães de alerta e costumam latir quando acontece algo novo à sua volta.

 

 

COMENTÁRIOS




Caieruff

O conteúdo das ofertas é de responsabilidade exclusiva de seus anunciantes.