Matérias

Empreender é contabilizar

Em nosso cenário político-econômico atual, muitos empreendedores e empresários, principalmente de pequeno porte, se questionam se vale a pena continuar investindo seu tempo e seu dinheiro em determinado negócio ou produto

01/01/2018 Artigos Anderson Aguiar Vieira

Quando a economia está fortalecida, o negócio anda bem sem maiores esforços. Mas quando o faturamento diminui e as despesas aumentam, o medo e a vontade de desistir aparecem. Nesse caso, todo empreendedor deve questionar-se: “Antes de tomar uma decisão baseada em minhas emoções, porque não penso e analiso um pouco, pautado na razão?”

A melhor forma de ser racional é contabilizar os custos, as margens, as entradas e as saídas do fluxo de caixa realizado e fazer projeções (de caixa, de faturamento, etc.) para, no mínimo, os próximos três meses que seguem.

Para essa análise, o empreendedor deve buscar ferramentas que o auxiliem. Na administração moderna de empresas existem diversas ferramentas que ajudarão o empresário a agir, como ter um bom software de gestão de processos, financeira, cadastral, etc. (ERP) e utilizar métodos como CANVAS e ANÁLISE SWOT, por exemplo.

Acima de todas as possibilidades, para arrematar a construção de sua fortaleza administrativa, utilizar-se de ferramentas contábeis, como a métrica, que para a tomada de decisão torna-se imprescindível. Calcular custos de aquisição sabendo descontar os percentuais dos impostos que seu fornecedor embutiu na mercadoria e também incluir no seu preço de venda a carga tributária por conta de suas saídas, utilizando o método do cálculo do imposto por dentro, são atitudes que a contabilidade pode ajudar o empresário a não cair nas armadilhas do “eu não vejo para onde vai o meu dinheiro”.

Certamente a sonegação não é o melhor caminho para crescer, mas sim saber alimentar relatórios com informações de custos, impostos, margens de rentabilidade e fluxos de caixa. Não é uma missão impossível tomar decisões racionais antes de comprometer o ouro que o negócio pode entregar ao seu investidor. Muitas vezes o empreendedor está com um cenário muito favorável e nem sabe. É uma questão de abandonar os hábitos de tomar decisões emocionais e passar a ser racional, obedecendo aos números contábeis.

Anderson Aguiar Vieira - Contador da Domínio Contabilidade

 

COMENTÁRIOS




Caieruff

O conteúdo das ofertas é de responsabilidade exclusiva de seus anunciantes.