Matérias

Da garagem para o aconchego

Primeiro, era uma garagem escura usada para o churrasco e guardar alguns equipamentos. Hoje, um lugar em que a família gosta de ficar e se unir. Para chegar a este resultado, a Dra. Lenise do Nascimento contou com o trabalho da arquiteta Amanda Cordova, formando o que é hoje, um dos espaços favoritos da casa.

11/05/2015 Artigos Carol Corso Bruna Bueno

Lenise já tinha em mente o que desejava no aposento. Por isto, decidiu aliar suas preferências com as ideias e projeto da arquiteta. “Procurava um ambiente de lazer, confraternização, um lugar da casa onde se tem vontade de ficar e de viver momentos inesquecíveis”, explica. Segundo Lenise, o resultado foi contrastante. A atual configuração trouxe beleza, aconchego, organização e muita luz.

Anteriormente o espaço era uma antiga garagem que, com o tempo, tornou-se um salão de festas multi-uso, usado para churrasco ou para aproveitar o conforto do fogão à lenha no inverno. Além disto, o espaço ainda guardava aparelhos de ginástica. Por isto, foi preciso avaliar todas estas condições para configurar um aposento que acolhesse todos estes quesitos.

“Agora realizamos várias atividades neste novo espaço, desde uma boa conversa, concurso de dança, churrascos e até uma soneca depois da diversão”, destaca Lenise.

CONFIRA OS DETALHES DA REFORMA

Antes:

• O ambiente tinha pouca luminosidade. Havia apenas dois pontos de luz;
• O mobiliário era escuro;
• O teto apresentava altura insuficiente para rebaixar o forro;
• A churrasqueira era o principal atrativo do ambiente, o item mais utilizado pelo usuário. Sendo assim, era fundamental que ela permanecesse em evidência;
• Havia difusão das funções: o aposento era utilizado para ginástica, lazer e alimentação;
• A área de bancada era muito pequena e tinha pouco espaço para ficar ao redor da churrasqueira quando estavam assando a carne;
• As principais solicitações eram um espaço com uma bancada maior; um ambiente mais iluminado; mais espaço para receber pessoas; organização e decoração rústico-moderno.

Depois:

• Churrasqueira: para dar ênfase maior à área, as paredes da churrasqueira foram revestidas nas laterais com um porcelanato em tons claros.
• Bancada: foi planejada uma bancada grande para dispor de lugar para apoio, refeições, acoplar eletrodomésticos sob o tampo (fogão, adega) e também armazenar as louças, panelas e espetos de churrasco.
• Iluminação e teto: para criar um ambiente mais claro do que o original foi elaborada uma iluminação que reflete tons claros, através de pontos de luz direcionados a elementos e revestimentos claros. O teto foi rebaixado nas laterais e onde não havia passagem de pessoas para embutir mais luz.
• Fechamento de janelas: ao projetar a distribuição dos móveis, foi necessário criar uma espaço para posicionar o fogão a lenha e o refrigerador. A melhor maneira seria em frente à bancada. Para isto, foi preciso fechar as janelas existentes. Na lateral desta parede, foi instalada uma porta, com acesso a outro ambiente projetado, uma pequena academia.
• Móveis: os móveis em madeira trouxeram o tom rústico que o cliente solicitou (mesa, banco, cadeira), mas ao mesmo tempo, houve cuidado para não exagerar, pois poderiam prejudicar na iluminação. Em contraponto a estes elementos, foram inseridos alguns elementos coloridos (sofá, ladrilhos, banquetas, objetos decorativos) para configurar um ambiente mais alegre e descontraído.
• Novo ambiente: a garagem acabou transformando-se em dois ambientes separados, um local de encontro entre amigos e família e uma pequena academia, onde foram inseridos os aparelhos de ginástica.

O ambiente era muito escuro e geralmente a saída para este tipo de situação é o rebaixamento do forro e o uso de mais luzes. Mas, neste caso, não era possível rebaixar todo o forro em gesso para embutir iluminação, pois não havia altura suficiente. Desta forma, o gesso foi utilizado apenas nas extremidades do ambiente e também acima das bancadas, ou seja, nos locais onde não haveria passagem de pessoas e não traria desconforto. A solução foi planejar uma sanca de luz ao redor de todo o recinto, onde foi colocado luminárias fluorescentes tubulares na cor branco-quente, a fim de criar uma iluminação indireta, que transmite a luz para o forro branco e reflete também cor branca ao ambiente, deixando-o aconchegante.

COMENTÁRIOS



Últimas

Mais fortes que o câncer Especiais

Edson Benedet Publieditoriais

Talento nato Artistas

Casa Blanca Publieditoriais

Expedição: Hungria Expedição



Caieruff

O conteúdo das ofertas é de responsabilidade exclusiva de seus anunciantes.